Chegando em Orlando: Desembarque, Imigração e Alfândega

Chegando em Orlando

Muitas pessoas que viajam pela primeira vez para os Estados Unidos ficam nervosas e preocupadas com relação aos procedimentos imigratórios.

Realmente o estresse é grande! Ao chegar em qualquer Aeroporto Internacional dos EUA você deverá seguir até a Imigração para iniciar a entrevista.

Caso seja sua sua primeira viagem, ao chegar nos EUA siga o fluxo dos passageiros que estão saindo do seu avião. TODOS irão passar pela imigração. Até mesmo os cidadãos americanos. A diferença que eles irão para as cabines destinadas a residentes no país.

Chegando em Orlando

Esteja preparado para enfrentar enormes filas. São comuns os casos de passageiros que perdem conexão por conta dos atrasos.

Se você estiver com crianças de colo, idosos e deficientes físicos, saiba que não existem filas preferencias. Mas os guardas estão sempre observando estas situações e geralmente chamam aqueles que necessitam de uma atenção especial para passar na frente.

Pessoas da mesma família passam juntas na entrevista. Caso você esteja levando uma babá, ela é considerada da mesma família e assim poderá passar junto.

Não adianta reclamar. Não xingue ou faça comentários sarcásticos ou debochados. Saiba que que muitos oficiais falam espanhol e entendem o português. E o mais importante de tudo: NUNCA, JAMAIS pronuncie as palavras BOMBA ou ARMA. 

Se durante a espera você achar que vai perder sua conexão, não se desespere. Tente falar com os guardas que ficam vigiando as filas e apresente sua reserva. Quase nunca funciona, mas não custa tentar. A boa noticia é que as empresas aéreas já sabem destes contratempos e você poderá pegar um outro voo sem nenhum custo sobre isso.

Chegando em Orlando

Quando chegar na sua vez, você irá apresentar seu passaporte junto com o formulário (US Customs Declaration Form) preenchido, que foi entregue no seu check-in ou dentro do avião. Em seguida você fará o recolhimento das impressões digitais e foto.

Seja simpático e não se preocupe caso você não tenha o domínio do idioma inglês. Use a frase mais comum “I don’t speak English”  e pronto!

Logo de cara ele vai perguntar qual é o motivo de sua viagem e você responderá que vai para a Disney ou que está de férias. Depois ele vai perguntar quantos dias você vai ficar. Responda exatamente a quantidade de dias que fechou sua viagem. Ele também pode perguntar em qual o hotel você estará hospedado enquanto estiver nos Estados Unidos. Caso você venha a ficar em mais de um hotel fale o nome de todos.

Chegando em Orlando

Não há motivos para você ficar nervoso. Este é um procedimento padrão. Caso você não entenda o que ele falou, peça para repetir. Se ele falar em inglês e você não entender, fale novamente: “I don’t speak English”.

O mais importante é você não perder o controle da situação. Este processo é bem lento. O Oficial poderá pedir as reservas do hotel, voucher do carro, entre outros. Tenha todos estes comprovantes em mãos. Fale apenas a verdade e tudo ocorrerá bem.

Finalizado as perguntas, o agente vai pedir que você e todos que estejam juntos façam o recolhimento das impressões digitais. Em seguida uma foto será tirada. A última etapa é o carimbo em seu passaporte. Em seguida ele irá devolver o passaporte junto com o formulário  US Customs Declaration Form.

Em alguns casos o agente de imigração pode achar que as informações não foram suficientes. Desta forma ele irá encaminhar o turista para uma segunda entrevista em uma sala reservada. Neste local os agentes irão realizar uma pesquisa mais detalhada. Se ainda assim não for o suficiente o turista será deportado.

A área de imigração no aeroporto possui um enorme esquema de segurança e vigilância. Existem diversos avisos espalhados sobre a proibição do uso de celulares, câmeras digitais, filmadoras ou qualquer outro aparelho eletrônico.

Chegando em Orlando

Após ser liberado você deverá seguir para retirada de suas malas (Baggage Claim Area).

Em seguida dirija-se até a alfândega. Tenha em mãos seu passaporte e o formulário US Customs Declaration Form pois ele será solicitado. É neste local que são verificados o que se carrega nas malas. Não é permitido entrar nos Estados Unidos com alimentos, sementes e plantas. Algumas vezes são feitas inspeções mais detalhada nas bagagens.

Este processo é bem rápido. Os fiscais vão pedir o formulário e irão perguntar a quantidade de dinheiro que você está carregando. Responda e aguarde as orientações.

Chegando em Orlando

Durante todo processo de entrada nos Estados Unidos você poderá encontrar oficiais simpáticos e sorridentes. Mas também poderá ser atendido por oficiais ríspidos, detalhistas e nada simpáticos. Mas todos seguem à risca as regras de imigração.

Tanto em Miami quanto em Orlando você não terá dificuldades do idioma. Muitos oficiais falam espanhol e até arriscam um português.

Lembre-se que todos os procedimentos são feitos apenas na primeira cidade dos EUA que você desembarcar. Por exemplo: seu voo fará o roteiro Guarulhos/Orlando com escala em Miami. Todos os procedimentos de imigração serão feitos na cidade de Miami.


Dicas rápidas:

  • Coloque em uma pequena pasta ou envelope seu passaporte, reservas do hotel, endereço, bilhete aéreo e tudo que comprove sua viagem de volta. Assim você terá fácil acesso quando solicitarem.
  • Se você estiver levando remédios saiba que as embalagens devem estar fechadas e no caso de medicamentos controlados tenha a receita de seu médico em mãos. Medicamentos comuns como analgésicos, vitaminas, entre outros, não há necessidade de receita.

Esperamos que este pequeno resumo possa ser útil em sua próxima viagem. Alguns procedimentos apresentados podem ocorrer alterações mas basicamente é você passará por todas as etapas acima.


Você já conhece nosso grupo de bate-papo no Facebook? São milhares de participantes que diariamente trocam idéias, dicas e informações sobre a cidade de Orlando e seus parques. Além do mais acontecem vários sorteios! Para participar basta clicar aqui e pedir para participar. Esperamos por você!

Comentários

Author: Carlos Carvalho

Criador e administrador do site Parques de Orlando. Desde 2012 informando diariamente as principais noticias sobre a cidade de Orlando e seus parques.

Share This Post On