Malas e Bagagens

malas-e-bagagens

As malas e bagagens tem que ter um tratamento especial, afinal são elas que trazem nossas compras, fotos e tudo mais que levamos e trazemos de lá. Portanto é importante seguir algumas regras para não ter problemas futuros.

Se as compras fazem parte do seu roteiro em Orlando, aproveite para renovar seu guarda-roupas. Assim não precisará levar tantas roupas quando estiver partindo do Brasil.

Importante também que você não se esqueça de observar a temperatura de Orlando durante o período da sua estada para que você possa melhor planejar a sua mala.

Dicas Gerais

  • Coloque seu nome e número de telefone do seu destino dentro e fora de sua mala. Inclusive na bagagem de mão. As companhias aéreas disponibilizam no dia do embarque etiquetas para a identificação das malas.
  • Caso sua mala seja de uma cor básica como a preto, você pode ter dificuldade em achá-la na esteira no meio de tantas outras que parecem iguais. Neste caso coloque algo chamativo para identificá-la, como por exemplo amarrar uma fita colorida. Isso vai facilitar muito na hora de retirá-la da esteira.
  • Não embrulhe seus presentes pois toda a bagagem está sujeita à inspeção.
  • Quanto menos peso você levar, melhor. Tente trazer uma bolsa de mão que caiba embaixo do assento à frente.
  • Não encha demais a sua mala. Isso aumenta as chances de danos.
  • Certifique-se de que sua mala não tenha alças e ganchos soltos, pois eles podem ficar presos em alguma coisa e danificar a mala.
  • Leve itens de valor, medicamentos e documentos de viagem em sua bagagem de mão.
  • Qualquer produto sujeito a vazamento deve ser levado em um recipiente hermético de plástico.
  • Conheça as regras para todos os pertences que podem ser considerados produtos perigosos.
  • Instrumentos cortantes como facas, tesouras, canivetes, navalhas entre outros somente podem ser despachados (não podem estar na mala de mão).
  • Artigos inflamáveis – incluindo acetona – são proibidos.

malas-e-bagagens-1

Bagagem de Mão

  • Líquidos ou gel, como bebidas, xampus, cremes, spray de cabelo, cosméticos líquidos, creme dental, perfumes, loções, desodorantes, entre outros, estão sujeitos às limitações da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).
  • Todos os líquidos (limitados a 100 ml por mala de mão) devem ser colocados em uma embalagem plástica transparente vedada (do tipo zip-loc) não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm.
  • Os frascos devem ser colocados adequadamente e com folga dentro da embalagem plástica transparente completamente vedada.
  • A embalagem plástica deve ser apresentada para inspeção visual no ponto de inspeção de embarque de passageiros, sendo permitida somente uma embalagem plástica por passageiro.

Objetos e produtos isentos a limitações:

  • Medicamentos essenciais com prescrição médica.
  • Mamadeiras e alimentos infantis industrializados se a criança estiver viajando.
  • Líquidos de dietas especiais acompanhados de prescrição médica. 

Em todos os casos, será observada a quantidade necessária para o período total do voo.

Para vôos que se iniciam no Brasil com destino aos Estados Unidos, quando em conexão em alguma cidade norte-americana, o limite de malas e bagagens despachadas continua sendo dois volumes de 32kg cada, sem custo adicional.

A bagagem de mão é limitada a um item pessoal (como uma bolsa ou notebook) além de uma mala pessoal. A bagagem adicional estará sujeita a cobrança de taxa extra.

São considerados itens pessoais: bolsa, pasta, laptop, mochila pequena ou outros artigos similares que não excedam a medida de 36 polegadas lineares ou 91 cm (comprimento + altura + largura) como, por exemplo, sacolas ou bolsas.

Itens de vestuários (como casacos, chapéus, agasalhos), assento para bebês ou dispositivos de segurança para crianças, carrinho dobrável para bebês ou crianças, bolsa de fraldas para crianças ou bebês, livro, jornal ou revista, dispositivos de assistência para passageiros (como cadeira de rodas, andadores ou aparelhos CPAP), oxigênio terapêutico fornecido pela companhia aérea são permitidos.

Todas as peças de mão, incluindo laptops, devem caber sob o assento dianteiro ou no compartimento superior de bagagens, portanto a bagagem de mão não poderá exceder as dimensões estabelecidas de 45 polegadas ou 114 cm (comprimento + altura + largura) ou o peso de 18 kg.

A bagagem de mão que for grande demais ou cuja forma irregular não permita ser colocada sob o assento dianteiro, nos compartimentos superiores de bagagem ou no closet, não será aceita como tal e será despachada. Em alguns casos poderá haver restrições adicionais com relação à bagagem de mão, dependendo da capacidade dos compartimentos das cabines principais, de certos aviões. Estas restrições podem ser aplicadas inclusive depois de iniciado o processo de embarque.

Todos os dispositivos eletrônicos, inclusive laptops deverão permanecer desligados enquanto a aeronave estiver em movimento, durante a decolagem, descida e pouso, até que o avião chegue à ala de desembarque e o aviso de soltarr o cinto de segurança tenha sido dado pela tripulação.

Artigos que não podem ser utilizados à bordo

  • Rádios, televisores operados com baterias ou cabos, ou câmeras de televisão.
  • Jogos eletrônicos ou jogos de controle remoto, exceto aqueles instalados no avião.
  • Mouse sem fio de computador.
  • Sistemas de Posicionamento Global (GPS). 

Taxas para excesso de bagagem (peso ou tamanho)

Todas as taxas são calculadas para um único trecho e cobradas no balcão de bilhetes do aeroporto. A taxa para bagagem despachada pesando mais de 32 kg e menos de 45 kg é cerca de $100 dólares por item. Bagagens pesando mais de 45 kg não poderão ser despachadas.

A bagagem despachada que tenha dimensão maior que 157 cm, terá um custo médio de $150 dólares por peça. As bagagens cujas dimensões forem maiores que 292 cm não serão aceitas como bagagem despachada.

O tamanho máximo permitido de bagagem é calculado somando-se as dimensões totais externas de cada peça, ou seja, comprimento + largura + altura.

Em alguns aviões não são aceitos certos artigos acima do tamanho permitido por causa das medidas das portas dos compartimentos de carga. Se você planeja levar algum artigo acima do tamanho permitido, pergunte primeiro a um representante da Cia Aérea se esse item será aceito para o tipo de avião que opera até o seu destino.

Artigos Especializados

Existem exceções, normais especiais e/ou instruções de embalagem que se aplicam a certos artigos especializados. Entre eles: sacos tipo militar e certos instrumentos musicais.

Para saber se o artigo que você está pensando em despachar está sujeito a uma tarifa especial (ou pode ser levado sem tarifa em vez de uma das peças permitidas de 157 cm) entre em contato com um representante da Cia Aérea.

Exceções

Pode haver mais limites sobra a bagagem de mão com base no espaço disponível e restrições adicionais em certos vôos. Se tiver mais duvidas, consulte o balcão de check-in.

Bagagem Extraviada

Ocorrendo o extravio de suas bagagens, procure a empresa aérea ainda na sala de desembarque e preencha o Registro de Irregularidade de Bagagem – RIB. É necessária a apresentação do ticket da bagagem, pois ele é a prova do contrato de transporte de bagagem. No caso de avaria à bagagem, o passageiro deverá procurar de imediato a empresa aérea para relatar o fato, pois o recebimento da bagagem sem protesto faz presumir o seu bom estado.

Se a empresa aérea se recusar a preencher o Relatório de Irregularidade de Bagagem – RIB, o passageiro deverá reclamar oficialmente junto à ANAC.

A bagagem poderá permanecer na condição de extraviada por um período máximo de 30 dias. Após esse período, a empresa deverá proceder à devida indenização ao passageiro. Quando a bagagem extraviada for encontrada pela companhia aérea, ela deverá restituí-la ao usuário no local de origem ou de destino do passageiro, de acordo com o endereço fornecido.

Em vôos internacionais a Convenção de Varsóvia limita a responsabilidade da companhia em $20 dólares por quilo de bagagem extraviada. O passageiro também poderá optar por efetuar o despacho de seus pertences, resguardando-se através de uma Declaração Especial de Interesse. Este documento discrimina minuciosamente o conteúdo da mala. Somente com esta declaração é possível ser indenizado integralmente, prevalecendo a responsabilidade da companhia aérea sobre os bens ali contidos.