transito

Melhorias na I-4 prometem reduzir o excessivo tráfego de veículos em uma das principais rotas da Flórida. Um projeto grandioso na Interstate 4 (I-4) deverá mudar a mobilidade urbana da Flórida para sempre.

O I-4 Ultimate, como vem sendo chamado a reconstrução da rodovia que corta o Estado da Flórida, é um plano de melhoria e redução do fluxo de automóveis que trafegam dentro do trecho urbano de Orlando.

Estimado em U$2,3 bilhões anuais, por incentivo da parceria pública-privada, a reconstrução se limita a 40km dos 220km que a estrada possui. Justamente no trecho que se localizam os principais parques temáticos de Orlando, como o Walt Disney World, SeaWorld e Universal Orlando.

A região sofre com o tráfego excessivo causado pelos habitantes da cidade, viajantes que cruzam a Flórida, além do alto índice de turistas que visitam diariamente as atrações mundialmente conhecidas.

O projeto que tem previsão para ser concluído em 2021, vai adicionar e alargar pistas que prometem aliviar o alto índice de congestionamento. Além disso, o I-4 Ultimate vai substituir pontes, eliminar cruzamentos e criar pedágios dinâmicos, onde as taxas serão cobradas de acordo com o tráfego do momento ou distância que será percorrida pelo condutor. Com a conclusão da obra, carros, motos, ônibus e caminhões de até dois eixos poderão circular na rodovia.

O FDOT (Florida Department of Transportation), responsável pelo projeto, apresentou uma cartilha que destacava a importância do I-4 Ultimate para a economia do Estado. Segundo o estudo promovido pelo departamento, a Flórida passa por um considerável aumento da população. Se não houvesse um projeto, a mobilidade reduzida a longo prazo geraria um impacto negativo sobre a economia local e na qualidade de vida dos habitantes de Orlando.

Enquanto o projeto é desenvolvido na Interstate 4, medidas foram tomadas para minimizar o trânsito local durante as obras. Nos horários de pico, a estrada vai manter o mesmo número de vias para evitar congestionamentos. As pistas serão fechadas das 20h30 até às 7h. A engenharia de tráfego também vai tomar cuidado para bloquear uma rampa de acesso de cada vez. Quando isso ocorrer, ela será obrigada a notificar os motoristas com duas semanas de antecedência a cada trecho que será bloqueado.

Durante o período de obras, o FDOT aconselha os motoristas a encontrarem métodos alternativos como transportes públicos, ou flexibilização do horário de trabalho. Os habitantes poderão se manter informados sobre o projeto através de um aplicativo de notícias para smartphones e tablets, que ainda está em desenvolvimento.

Se não bastasse toda a infraestrutura e entretenimento que Orlando oferece, a cidade também se preocupa com qualidade de vida e a mobilidade de antigos e novos moradores, incluindo brasileiros, uma comunidade com mais de 30 mil integrantes que possuem casas em Orlando.


Texto enviado por Elva Vieira, jornalista e pesquisadora. É redatora da Authentic Real Estate, empresa especializada em mercado imobiliário de Orlando.

24 

Comentários

Sobre o autor

Criador e administrador do site Parques de Orlando. Desde 2012 informando diariamente as principais noticias sobre a cidade de Orlando e seus parques.